Seja Bem-Vindo!

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Ele.

Homem egoísta que só pensa nele mesmo, apenas nele mesmo... que faz questão de não ter noção de que está machucando alguém. Só ele está certo, pensa que é o dono do mundo... ele é o "cara", e vai achar que é pro resto da vida dele ou até perceber que está sozinho, isso se perceber. É extremamente difícil pra ele respeitar uma mulher, o orgulho engole a humildade, assim como o imenso mar encobre a tão profunda areia. Tem o amor maior do mundo, mas esconde aonde NINGUÉM possa ver ou sentir. Fingir, sua vida gira em torno desta palavra, FINGIR. Fingir que está tudo bem. Foi isso que fez a vida inteira. E ainda assim, conseguiu convencer a todos. Eu, ela, ele. Todos! Ignorante, e não aprende nunca, simplesmente não quer. É tão difícil pra ele aceitar o abandono de uma razão que a princípio era sua. Forte, bonito, alto, engraçado, brincalhão. Sim ele tem qualidades, e não são poucas. Sinto falta delas. Sinto falta dele. E dói em cada momento do dia. DÓI. Porque o amo. Queria que ele descobrisse o amor. O quão amado ele foi e apesar de tudo, ainda é.

Isa.


"[...]
Agora o ar que eu provei e respirei mudou de rumo
[...]
E agora minhas amargas mãos se esfregam abaixo das nuvens
Do que um dia foi TUDO
As imagens foram todas banhadas em preto,
Tatuando tudo
Eu saio pra passear
Sou cercado por algumas crianças brincando
Eu posso sentir suas risadas, Então porque eu desanimo?
E pensamentos confusos giram ao redor de minha cabeça
Estou girando, oh, estou girando
Quão rápido o sol pode, cair
E agora minhas amargas mãos.Berço dos vidros despedaçados
Do que um dia foi TUDO
Todas as imagens foram banhadas em preto,
Tatuando tudo
[...]"

Tradução: Black - Pearl Jam

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Uou, arrepiei lendo o primeiro* lindas palavras . Parabéns =D

    ResponderExcluir