Seja Bem-Vindo!

domingo, 25 de novembro de 2012

ilusão agridoce


As anêmonas se expandem, como flores brilhantes e acolhedoras, convidando qualquer animal cansado e aturdido a repousar por um instante em seus braços. E quando algum pequeno caranguejo da restinga aceita o convite verde e púrpura, as pétalas imediatamente golpeiam, as células de ferro injetando minúsculas agulhas de narcótico na presa, que vai ficando cada vez mais fraca, talvez sonolenta, enquanto os cáusticos ácidos digestivos vão dissolvendo seu corpo.
"A Rua das Ilusões Perdidas - John Steinbeck"

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Novembro, acabe logo! Imediatamente, eu preciso que você termine. Quero chá de panela. Descanso. Natal. Praia. Réveillon  Festas. Casamento. Tempo. Leitura. Paz.
“Da vida, não quero muito. Quero apenas saber que tentei tudo o que quis. Tive tudo o que pude. Amei tudo o que valia. E perdi apenas o que, no fundo, nunca foi meu.”

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Um certo verão na Sicília

"Ela é uma mulher. Como um camaleão, uma mulher se funde tranquilamente em todas as partes da vida. Às vezes, a gente nem sabe que ela está lá, ela é tão quieta com suas coisas."
Marlena de Blasi

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Loucuras tão sóbrias



Na magia da noite as horas têm fome. A inspiração do agradável canto sob a luz da lua. Os pensamentos que surgem de repente e depois vão embora, sem deixar rastros. Se ligar ou se desligar do mundo. Amar, nem que seja só por um instante. Dançar. Deixar com que a alma levite. Ser livre. Ser levado. E no descontraído momento, gargalhar. Mergulhar no ritmo delirante das ondas melódicas persuadindo seus próprios movimentos.
Isa

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

On the road


"Garotas e rapazes na América tem curtido momentos realmente tristes quando estão juntos; a artificialidade os força a se submeterem imediatamente ao sexo, sem os devidos diálogos preliminares. Não me refiro a galanteios - mas sim um profundo diálogo de almas, porque a vida é sagrada e cada momento é precioso" (p. 82)

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Believe


So give me something to believe
Cause I am living just to breathe
And I need something more
To keep on breathing for
So give me something to believe

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

O sol também se levanta

-Você pode nao acreditar, mas tenho a impressão de que tudo nao  passou de um pesadelo maravilhoso.
-Sim. Acredito em tudo, até mesmo em pesadelos.

Desperdícios

É um desperdício de tempo querer que todas as coisas aconteçam ou se resolvam de modo justo e correto, afinal, na maioria das vezes isso não depende só de você. Pessoas com mentes pequenas e almas vazias, se envolvem também. Carregando consigo mentiras descaradas. Você acaba sendo envenenada.  E a partir daí, te taxam de tudo. Criticam. Críticas ruins, muito ruins. Assim fica difícil agir corretamente. Com isso, não procuro me defender. Seria outro desperdício. E também, se defender para quem? Para os ignorantes? Para os egoístas? Ou para os hipócritas?
Isa

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

In my life

There are places I remember all my life,
Though some have changed,
Some forever, not for better,
Some have gone and some remain.

All these places had their moments
With lovers and friends I still can recall.
Some are dead and some are living.
In my life I've loved them all.
 

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

This Velvet Glove

And when I walk alone I listen
To our secret theme
...
John says to live above hell
My will is well
 

terça-feira, 28 de agosto de 2012

doce ilusão


Ou posso estar enganada também, com a luz do vaco. Com os beijos desesperados. Com o impulso gerado pelo seu sorriso. Pode ser um engano. Mas a quem tudo isso está enganando? A mim ou a você?
O vento. O movimento. O momento. E de repente o inesperado se torna esperado. É tanta espera que fico cansada. A exaustão pede a desistência. Mas o coração não se importa. E continua mesmo assim.
Parece que o erro me persegue. Vira rotina. Erros. Medos. Sei lá. Tudo muito obscuro. Mas a certeza de uma atitude em vão. O que é pior pra mim é claro, quando essa atitude vem de você.
Correndo do tempo, lutando contra. Mesmo sabendo que não compensa e que a lugar nenhum eu chegarei.
Pensamento tortuoso. Nada no lugar. 
Se você está a toa, bom, se você realmente está a toa, não me carregue junto à si. Não faz nenhum sentido. E o sentido sim importa. Sempre importa. Cada um sente algo diferente por alguém diferente. SENTIR é o que importa.
Se existe sentimento bom, existe o cuidado.
Isa

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Make Trade Fair

Trade generates incredible wealth, and links the lives of everyone on the planet. Yet millions of people in poor countries are losing out. Why? Because the rules controling trade heavily favor the rich nations that set the rules.

Ernest Hemingway

"Brett me olhava bem nos olhos, com a sua maneira que nos fazia duvidar de que via realmente com seus próprios olhos. E os olhos continuariam a olhar, depois que todos os olhos do mundo tivessem cessado de olhar. Olhava como se nada existisse na terra que não tivesse ousado olhar assim e na verdade, tinha medo de tantas coisas!"
Jake

domingo, 12 de agosto de 2012

Lembranças

Lembranças não me atormentam. Guardo de nós dois as boas lembranças que tivemos. E se elas não me fazem voltar à você, tampouco se tornam peso. As lembranças são tão suaves como o amor que tivemos. Tão leves como já fomos um ao outro. 
"A"

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

O Sol Também Se Levanta

"- Escute Jake - e curvou-se para o bar - Nunca tem a impressão de que sua vida vai passando sem você aproveitá-la? Não percebe que já viveu a metade do tempo que tem a viver?
- Sim , isso me acontece de vez em quando.
- Sabe que dentro de 35 anos já estará morto?
- Que diabo! Francamente, Robert!
- Estou falando sério.
- Isso é coisa que não me preocupa.
- Devia preocupar-se."


Ernest Hemingway

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Make Trade Fair

"One in seven people goes to bed hungry every night. Not because there isn’t enough food, but because of deep imbalances in access to resources like fertile land and water."
Oxfam America

sábado, 28 de julho de 2012

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Uma Indicação...

http://itsjustthewayim.tumblr.com/

Ana Carolina Urel

Sinto muito, muito mesmo!


Que com muito amor, Deus te proteja, porque devido às circunstâncias, eu não tenho capacidade para fazer isso. Se esse é seu caminho, eu só posso sentir muito. Mas muito mesmo. Com toda dor possível. E como DÓI, CORRÓI, DESTRÓI! Mas ainda me resta a esperança...

Isa.

terça-feira, 24 de julho de 2012

A cada mil lágrimas sai um milagre

Em caso de dor ponha gelo
Mude o corte de cabelo
Mude como modelo
Vá ao cinema dê um sorriso
Ainda que amarelo, esqueça seu cotovelo
Se amargo foi já ter sido
Troque já esse vestido
Troque o padrão do tecido
Saia do sério deixe os critérios
Siga todos os sentidos
Faça fazer sentido
A cada mil lágrimas sai um milagre
Caso de tristeza vire a mesa
Coma só a sobremesa coma somente a cereja
Jogue para cima faça cena
Cante as rimas de um poema
Sofra penas viva apenas
Sendo só fissura ou loucura
Quem sabe casando cura
Ninguém sabe o que procura
Faça uma novena reze um terço
Caia fora do contexto invente seu endereço
A cada mil lágrimas sai um milagre
Mas se apesar de banal
Chorar for inevitável
Sinta o gosto do sal do sal do sal
Sinta o gosto do sal
Gota a gota, uma a uma
Duas três dez cem mil lágrimas sinta o milagre
A cada mil lágrimas sai um milagre.~


Alice Ruiz

sexta-feira, 20 de julho de 2012

David Copperfield


É inútil relembrar o passado quando as recordações nada servem ao presente.

Charles Dickens

domingo, 15 de julho de 2012

Liberdade

Perceber aquilo que se tem de bom no viver é um dom
Daqui não, eu vivo a vida na ilusão
Entre o chão e os ares, vou sonhando em outros ares
Vou fingindo ser o que já sou, fingindo ser o que já sou
Mesmo sem me libertar, eu vou
É, Deus, parece que vai ser nós dois até o final
Eu vou ver o jogo se realizar de um lugar seguro
Seguro de que vale ser aqui
De que vale ser aqui onde a vida é de sonhar
Liberdade

 Marcelo Camelo

Tudo passa

Eu você e todos os encontros casuais
Os ais e os hão de ser
E todos os casais também
Olha, acho até que quem achou que nunca ia
Esse ia se espantar de ver que o ódio e o amor
E até eu vou pra ver no que vai dar
A massa a moça
E até esse pra sempre
Tudo passa

Marcelo Camelo

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Exaustão

Te ver mais ou menos realmente me incomoda. Mais ou menos não rende papo, não faz inverno nem verão, não exige uma longa explicação. É melhor estar alegre ou estar triste, mais ou menos é a pior coisa que existe.

Viver é boiar, recordar é nadar...

Não há quem não feche os olhos ao cantar a música favorita. Não há quem não feche os olhos ao beijar, não há quem não feche os olhos ao abraçar. Fechamos os olhos para garantir a memória da memória.

É ali que a vida entra e perdura, naquela escuridão mínima, no avesso das pálpebras.Concentramo-nos para segurar a dispersão, para segurar a barca ao calor do remo. O rosto é uma estrutura perfeita do silêncio.

Os cílios se mexem como pedais da memória. Experimenta-se uma vez mais aquilo que não era possível. 
~ Fabrício Carpinejar
 

sexta-feira, 22 de junho de 2012

quinta-feira, 21 de junho de 2012

The Magnetic Fields

You better think of something quick! Before I don't love you no more.
Quick, before I walk out that door
You better think of something quick because my suitcase is packed
 Are you really prepared to lose 
All this just to air your views?

terça-feira, 19 de junho de 2012

Cold Play

When you're tired of racing
And you find you never left the start
Come on baby, don't let it break your heart

Those heavenly we bled
Still on we crawl
 
 

Don't Let It Break Your Heart

Paul McCartney

Were we there?
Was it real?
Is it truly how I feel?
Maybe
You tell me

sexta-feira, 15 de junho de 2012

E tem dias que eu to meio assim, sei lá...
Mas quero que se foda. Eu faço as coisas que eu quero, na hora que eu to afim e pronto!

quinta-feira, 14 de junho de 2012

This Is Home

I've got my memories
Always inside of me
But I can't go back
Back to how it was
I believe now
I've come too far
No I can't go back
Back to how it was
Created for a place
I've never known

quarta-feira, 13 de junho de 2012

O Poder do Agora

Por mais de trinta anos um mendigo ficou sentado no mesmo lugar, debaixo de uma marquise. Até que um dia, uma conversa com um estranho mudou sua vida:

– Tem um trocadinho aí pra mim, moço? – murmurou, estendendo mecanicamente seu velho boné.

– Não, não tenho – disse o estranho.

– O que tem nesse baú debaixo de você?

– Nada, isso aqui é só uma caixa velha. Já nem sei há quanto tempo sento em cima dela.

– Nunca olhou o que tem dentro? – perguntou o estranho.

– Não – respondeu. – Para quê? Não tem nada aqui, não!

– Dá uma olhada dentro – insistiu o estranho, antes de ir embora.

O mendigo resolveu abrir a caixa. Teve que fazer força para levantar a tampa e mal conseguiu acreditar ao ver que o velho caixote estava cheio de ouro. Eu sou o estranho sem nada para dar, que está lhe dizendo para olhar para dentro. Não de uma caixa, mas sim de você mesmo. Imagino que você esteja pensando indignado: "Mas eu não sou um mendigo!" Infelizmente, todos que ainda não encontraram a verdadeira riqueza – a radiante alegria do Ser e uma paz inabalável – são mendigos, mesmo que possuam bens e riqueza material. Buscam, do lado de fora, migalhas de prazer, a provação, segurança ou amor, embora tenham um tesouro guardado dentro de si, que não só contém tudo isso, como é infinitamente maior do que qualquer coisa oferecida pelo mundo.

Trecho do livro O Poder do Agora - Eckhart Tolle

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Engenheiros...

Às vezes tudo, às vezes nada Às vezes tudo ou nada, às vezes 50% Às vezes a todo momento, às vezes nunca Como tudo na vida, não é sempre Às vezes de bem com a vida, às vezes de mau humor Às vezes sem saída, às vezes seja onde for Não é sempre, não é sempre Como tudo na vida... nunca é sempre

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Travessuras da menina má - Mario Vargas Llosa

"Não vou embora, nem agora nem nunca – sussurrou no meu ouvido. – Não me pergunte por quê, não vou dizer nem morta. Jamais vou dizer que amo você, por mais que eu ame."
Travessuras da menina má - Mario Vargas Llosa

quarta-feira, 9 de maio de 2012

E por que não ficar radiantemente contente com a felicidade de outra pessoa?

Uma pessoa que esteve do meu lado, fisicamente e espiritualmente, durante todos os dias da minha vida, pra ser mais exata, desde os tempos em que sentávamos em umas carteiras de 50 cm de altura na escola. E também nos tempos do terrão na esquina de casa. Das cartinhas. Das bonecas. Dos clubinhos. Dos pintinhos. Das paródias. Das danças com vassouras na varanda. Dos ‘gato mia’ da vida. Do The Sims. Dos tererês. Dos chimarrões. Do super lanche de pão caseiro com muito queijo e orégano. Das tramoias. Da feira. Do clube. Das piscinas. Das festas. Dos porres. Das viagens... E como não ficar do lado dela agora? Cada dia que passa, estamos nos tornando mais e mais maduras. E, os passos que a vida nos deixam tomar são a essência do nosso amadurecimento. Porém, alguns desses passos são tão longos que precisam de certo conforto externo, um apoio, um incentivo, um sorriso e por ai vai... É pra isso que nós, amigas, estamos nesse mundo. Estamos no seu mundo. Isa

sábado, 5 de maio de 2012

SUJEITINHO COLORIDO

As cores vivas da plumagem dos picoteiros ou tagarelas (Bombycilla garrulus) brilham como arautos da primavera na natureza branca, ainda congelada, do fim do inverno. Em geral, essas aves permanecem em seus habitats nórdicos mesmo nos mais rigorosos invernos, mas se as bagas de sua principal fonte de alimentação - a sorveira (Sorbus aucuparia) - começarem a rarear, algumas populações migram para o sul. Este magnífico espécime foi fotografado por Markus Varesvuo, da Finlândia, perto do Círculo Polar Ártico, na cidade de Kuusamo, no extremo sul da Lapônia.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Tive que deixar no passado uma grande parcela daquilo que pensei levar comigo pro futuro e quem sabe além. A instabilidade que a vida causa me apavora. O que está comigo agora pode não estar amanhã, tudo pode acabar em questão de segundos e sem nenhum aviso prévio. E toda essa loucura me faz perder o ar, me confunde por inteira e faz com eu me perca em mim mesma. Mas apesar de todos esses motivos que podem me fazer querer desistir, eu não me considero medrosa. Eu sou muito forte. Mais forte que muita gente por aí, principalmente por aguentar tanta DOR sem emitir qualquer protesto. Se soubessem como é angustiante ver coisas que preferiria não ter visto...

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Bom dia!

"Acordei hoje, tomei um banho, e continuei sujo, talvez o tempo me lave um dia"
Matias S F

quarta-feira, 4 de abril de 2012

On the road - Jack Kerouac (1957)

"Que sensação é essa, quando você está se afastando das pessoas e elas retrocedem na planície até você ver o espectro delas se dissolvendo? - é o vasto mundo nos engolindo e é o adeus. Mas nos jogamos em frente, rumo à próxima aventura louca sob o céu"
(p. 196)

segunda-feira, 12 de março de 2012

M. Kundera


Sentiu um peso, mas não era o peso do fardo, e sim da insustentável leveza do ser.

domingo, 11 de março de 2012

IX

"Todos os lugares estão cheios de pessoas que falam coisas ininteligíveis - as ruas, os mercados, as praça e as encruzilhadas. Pergunto quantos óbolos tenho de pagar; em resposta, filosofam sobre o nascido e o não-nascido. Quero saber o preço do pão e alguém me responde: O pai é maior que o filho. Pergunto se o meu banho está pronto e dizem-me: O filho foi feito do nada."
Gregório de Nissa - Constantinopla - Séc.IX

quarta-feira, 7 de março de 2012

Little Joy - Don't watch me dancing

video

Não Me Veja Dançar
(Tradução)

Margarida tem um jeito estranho
Pende entre pretendentes sobre um salto quebrado
Claro, seus desejos, eles não entendem
Ela, particularmente, foi mais machucada do que deveria

Nas conversas ela às vezes afirma
Fantasias costumam envolver becos sem saída
Ela achou sua coragem ao mudar de cena
Esta reunião dominical será curta para sua rainha

Seus melhores anos, gastou distraída
Voltando ao mesmo ponto
Com o passo certo, ela vai tentar sua sorte
Em outro lugar

Lá está ele há um passo de seus olhos
Recitando as palavras que, espera, ela aspire
Noite após noite uma luz fiel na costa
Se ele ao menos convencesse suas pernas a andar

Por favor, não me veja dançar
Oh não, não me veja dançar

Alguma coisa muda quando ela olha
O suficiente para lhe ensinar o que é um romance
Com o passo certo, eles tentam sua sorte
Em outro lugar

(Repetir)
Por favor, não me veja dançar
Oh não, não me veja dançar

Engenheiros...

TODA NOITE DE INSÔNIA EU PENSO EM TE ESCREVER PRA DIZER QUE O TEU SILÊNCIO ME AGRIDE, E NÃO ME AGRADA SER UM CALENDÁRIO DO ANO PASSADO.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Foster The People - Houdini

video

Sometimes I want to disappear

(RAISE UP TO YOUR ABILITY)
You never knew what I could find
What could come when we realize
Don't no one want to compromise?

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Amo-te!

Eu amo-te sem saber como, ou quando, ou a partir de onde. Eu simplesmente amo-te, sem problemas ou orgulho: eu amo-te desta maneira porque não conheço qualquer outra forma de amar sem ser esta, onde não existe eu ou tu, tão intimamente que a tua mão sobre o meu peito é a minha mão, tão intimamente que quando adormeço os teus olhos fecham-se.

Pablo Neruda, in "Cem Sonetos de Amor"

Cuidado com a solidão.

Ela vicia tanto quanto as drogas mais perigosas.
Se o pôr do Sol parece não ter mais sentido para você, seja humilde, e parta. Todos nós precisamos de amor. O amor faz parte da natureza humana - tanto quanto comer, beber e dormir. Muitas vezes sentamos diante de um belo pôr do Sol, completamente sós, e pensamos: 'nada disto tem importância, porque não posso compartilhar toda esta beleza com alguém.'
Nestes momentos, vale a pena perguntar: 'quantas vezes nos pediram amor, e nós simplesmente viramos o rosto para o outro lado? Quantas vezes tivemos medo de nos aproximar de alguém, e dizer, com todas as letras, que estávamos apaixonados em busca do amor. Saiba que, assim como outros bens espirituais, quanto mais estiver disposto a dar, mais você receberá em troca.

Paulo Coelho

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Fato.

"Há ação e ações, talvez minhas inconscientes ações o machuquem, mas sua consciente ação pode me mata, e a cicatriz da morte fica em você, não em mim"

Matias S F

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

O Obstáculo é minha LIÇÃO.

A Natureza é minha Mãe.
O Universo é meu Caminho.
A Eter...nidade é meu Reino.
A Imortalidade é minha Vida.
A Mente é meu Lar.
O Coração é meu Templo.
A Verdade é meu Culto.
O Amor é minha Lei.
A Forma em sí é minha Manifestação.
A Consciência é meu Guia.
A Paz é meu Abrigo.
A Experiência é minha Escola.
O Obstáculo é minha Lição.
A Dificuldade é meu Estímulo.
A Alegria é meu Cântico.
A Dor é meu Aviso.
A Luz é minha Realização.
O Trabalho a minha Benção.
O Amigo é meu Companheiro.
O Adversário é meu Instrutor.
O Próximo é meu Irmão.
A Luta é minha Oportunidade.
O Passado a minha Advertência.
O Presente a minha Realidade.
O Futuro a minha Promessa.
O Equilíbrio é minha Atitude.
A Ordem é minha Senha.
A Beleza é meu Ideal.
A Perfeição é o meu Destino.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Dimas

Trago notícias quentes
de onde venho
nada de belo
nada de sólido
um pedaço de olhar
... é tudo o que trago
... é tudo o que
tenho

Zumbi tinha escravos

Zumbi, o maior herói negro do Brasil, o homem em cuja data de morte se comemora em muitas cidades do país o Dia da Consciência Negra, mandava capturar escravos de fazendas vizinhas para que eles trabalhassem forçados no Quilombo dos Palmares. Também sequestrava mulheres, raras nas primeiras décadas do Brasil, e executava aqueles que quisessem fugir do quilombo.
Essa informação parece ofender algumas pessoas hoje em dia, a ponto de preferirem omiti-la ou censurá-Ia, mas na verdade trata-se de um dado óbvio. É claro que Zumbi tinha escravos. Sabe-se muito pouco sobre ele – cogita-se até que o nome mais correto seja Zambi – mas é certo que viveu no século 17. E quem viveu próximo do poder no século 17 tinha escravos, sobretudo quem liderava algum povo de influência africana.

NARLOCH, Leandro. Guia politicamente incorreto da história do Brasil.